Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto

RedeMoinho Empreendimento de Economia Solidária

COMUNICADO
 
Estimado consumidor/parceiro, estamos realizando uma restruturação do nosso empreendimento e temporalmente estão canceladas as atividades programadas para os dias Sábados (Entregas de pedidos, entregas em domicilio e a nossa Feirinha). 
 Assim também estamos nos mudando para o bairro Garcia e as atividades de LOJA SERÃO CANCELADAS. 
Ainda assim, pode encontrar a Redemoinho nas Feira Agroecológica da UFBA (toda 6ta feira, campus Ondina, a partir das 7 até 13 hs na frente do Restaurante Universitário)  e na Feira do Museu de Arte da Bahia (Corredor da Vitoria, 5tas feiras das 14 as 18 hs). 
Por favor entra em contato conosco via e-mail ou telefonicamente. 
Agradecemos a todos a compreensão e esperamos em breve estar de volta com todas as nossas atividades. 

A gente se vê na feira!
 
 
Voltar a RedeMoinho - Escolhas Justas e Saudáveis!
Tela cheia Sugerir um artigo

Projeto de Lei da Economia Solidária foi aprovado hoje por unanimidade no Congresso Nacional

26 de Agosto de 2015, 11:57 , por Stéfane Souto - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 222 vezes

Aconteceu hoje a votação do Projeto de Lei 4685/2012, conhecido como Lei da Economia Solidária, na CAPA-DR (Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural), uma das comissões mais articuladas do Congresso. A Lei tramita desde 2012 e foi aprovada hoje por unanimidade. O Projeto de Lei segue agora para votação no Senado. 

Segundo Diogo Rêgo, membro da RedeMoinho e do Fórum Brasileiro de Economia Solidária , esse é um importante passo para fortalecer os empreendimentos  de Economia Solidária. "A caminhada ainda é longa, mas conseguimos uma importante vitória", disse Diogo.

"Esta Lei estabelece as definições, princípios, diretrizes, objetivos e composição da Política Nacional de Economia Solidária, cria o Sistema Nacional de Economia Solidária e qualifica os empreendimentos econômicos solidários como sujeitos de direito, com vistas a fomentar a economia solidária e assegurar o direito ao trabalho associado e cooperativado. Parágrafo único. As diretrizes, princípios e objetivos fundamentais da Política Nacional de Economia Solidária se integram às estratégias gerais de desenvolvimento sustentável e aos investimentos sociais, visando à promoção de atividades econômicas autogestionárias, ao incentivo aos empreendimentos econômicos solidários e sua integração em redes de cooperação na produção, comercialização e consumo de bens e serviços."
Fonte: marista.edu.br


Veja aqui o Projeto de Lei na íntegra.
Acompanhe aqui a tramitação do 4685/2012.


0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar